terça-feira, 13 de setembro de 2016

Deodato e o seu filme maldito


O Eurico de Barros entrevistou o realizador italiano Ruggero Deodato, que a propósito do seu "filme maldito", "Holocausto Canibal" (1980), afirmou: «Quando o filme se estreou, escreveram que eu era fascista e racista, coisas dessas. O tempo passou, e depois, mais tarde, os jornais que me tinham insultado disseram, com todo o destaque, que nessa época eu havia sido o único realizador a atacar essa realidade da falta de integridade dos media. Os mesmos jornais de esquerda!» Uma entrevista a não perder!

Sem comentários:

Enviar um comentário