domingo, 3 de janeiro de 2016

Notícias que interessam

Escreve Helena Matos no «Observador» que "as não notícias são tão importantes quanto as notícias. Às vezes ainda mais que as notícias. Porque as não notícias mostram como os jornalistas resistem a desfazer as suas ilusões". Tem toda a razão, mas para quem duvide deixa-nos um excelente artigo onde refere algumas das "não notícias" que têm passado ao lado da Imprensa toldada pelo politicamente correcto. Das centenas de automóveis incendiados em França na passagem de ano, o que reflecte um estado de tensão que não é noticiado, à cega simpatia por Obama que não deixa ver Guantánamo ou a a questão racial nos EUA, passando pelo esquecimento da Grécia, porque "os jornalistas ocidentais deixaram de ver em Tsipras o Che sem espingarda". Um artigo que vale mesmo a pena ler, porque há "Coisas que nunca mudam: as não notícias".

Sem comentários:

Enviar um comentário