segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Da despolitização


«Um dos modos mais habituais de assinalar a nossa era política consiste na sua caracterização como uma era da despolitização. Dir-se-ia que vivemos hoje, nas democracias liberais do Ocidente, como se o político tivesse desaparecido do mundo, como se tivéssemos entrado na era da pós-política. E uma tal caracterização aparece como algo pacífico, surgindo frequentemente como o sentido fundamental, como o pano de fundo de fenómenos cuja referência parece ser, de tão habitual e recorrente, dispensável. Entre tais fenómenos pode-se contar, por exemplo, o desinteresse crescente pela vida pública por parte de importantes sectores populacionais no seio das democracias liberais ocidentais; ou a sua concentração exclusiva na sua vida privada; ou a entrega da economia às simples leis de um mercado para cuja legalidade imanente a dimensão do político não pode deixar de surgir como uma interferência perturbadora; ou a entrega do desenvolvimento técnico a uma pura lei imanente de crescimento ininterrupto, diante da qual as tentativas políticas ou jurídicas de regulamentação não parecem ser senão intrusões provisórias; ou a tentativa para encontrar uma paz mundial assente na constituição de uma "lei dos povos", a qual surja como uma legalidade internacional que ultrapasse o plano estritamente político de uma "lei de Estados" tendencialmente autónomos e agressivos; ou a ideia de que a história chegou ao fim no seu estatuto de percurso movido por grandes narrativas de mobilização política. Diante de todos estes exemplos, dir-se-ia então que hoje, de um modo geral, a vida política é marcada pela perda de importância do plano político; e que é esta perda que justamente se pode chamar despolitização

Alexandre Franco de Sá
in "Metamorfose do Poder".

1 comentário:

  1. Contrariamente à crença popular com base na propaganda e desinformação, Hitler era um cristão e o nacional-socialismo era baseado no cristianismo, e, na verdade, todo mundo tem o direito de "liberdade de religião". Hitler também não proibiu o Natal como alguns afirmam, nem era um ocultista.

    http://justice4germans.com/2012/12/25/christmas-with-hitler-he-was-a-christian-and-national-socialism-was-based-on-christianity-not-the-occult/

    http://targetfreedomusa.com/what-was-hitlers-mindset-regarding-the-nazi-zionist-connection/

    LEILÕES IMÓVEIS JUSTIÇA TRABALHO - HASTAS PÚBLICAS IMÓVEIS - TRT 2ª REGIÃO - TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO - ADAM BLAU - GALERIA DE ARTE ANDRÉ - MÁFIA JUSTIÇA DO TRABALHO - JUÍZES TRABALHISTAS - CORRUPÇÃO LEILÕES - ESCÂNDALO JUSTIÇA - IRREGULARIDADES E FRAUDES EM PROCESSOS - MAÇONARIA NO COMANDO DA CORRUPÇÃO - ROSA CRUZ ? VENDA DE SENTENÇAS NO JUDICIÁRIO.

    http://www.midiaindependente.org/pt/red/2014/07/533540.shtml

    http://www.cristaoconfuso.com/2011/08/10-beneficios-trazidos-pelo-nazismo-e.html

    http://www.cristaoconfuso.com/2011/07/os-10-piores-demonios-da-teologia-ou.html

    http://www.cristaoconfuso.com/2011/07/as-5-expressoes-evangelicas-mais-sem.html

    http://justice4germans.com/2014/12/23/video-christmas-in-the-third-reich-weihnachtens-im-dritten-reich/

    http://antimatrix.org/Convert/Books/Rabbi_Abe_Finkelstein_Interview/Rabbi_Abe_Finkelstein_Interview.html#The_holocaust_survivors_scam

    E sabia que a Dilma assinou um documento pra ser implantado o chip do Anticristo em 2015? http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-hoax-presidente-dilma-aprova-chip-para-2015

    BOM FERIADO DE NATAL PARA VOCÊ
    E BOAS LEITURAS TAMBÉM.

    ResponderEliminar