quinta-feira, 31 de julho de 2014

Rico anti-capitalista


Aquela fraude hollywoodesca chamada Michael Moore, conhecida pelas "posições anti-capitalistas e pela defesa dos desfavorecidos", viu revelado o seu vasto património devido ao seu divórcio e à consequente luta pela riqueza partilhada.

Mas esta contradição está longe de ser novidade. Vasculhando nos arquivos desta casa, encontrei uma passagem que o Eurico de Barros escreveu no «Diário de Notícias» há dez anos (o tempo passa...). Vale a pena recordar:

"Moore é milionário mas gosta de andar vestido como se pertencesse à classe operária, e berrou a sua solidariedade com «os trabalhadores do espectáculo franceses, todos os trabalhadores», concordando com Bové quando este disse que ambos estão envolvidos «numa luta comum contra a exploração». Depois de ter ido ver o povo em luta, Michael Moore voltou para o Hotel Carlton."

Sem comentários:

Enviar um comentário