sábado, 11 de janeiro de 2014

Um dever


«Já em 1908, e mesmo antes, pensava que a literatura de uma nação é importante. Palavras, meios de comunicação, literatura, a forma de comunicação mais condensada, comunicação dos factos mais básicos e essenciais. Ideias necessárias para conduzir a uma vida honrada e transmitida pelos melhores livros. O dever de qualquer homem, tão depressa se faz homem verdadeiro, é manter vivos esses livros e essa tradição.»

Ezra Pound

Sem comentários:

Enviar um comentário