segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Objectividades


Goste-se ou não do Aurora Dourada (nada importa para o caso), é impossível aceitar a diferença de tratamento da morte de um 'rapper' na sequência de uma discussão com um simpatizante do partido -- que encheu jornais e abriu noticiários televisivos, motivando uma perseguição institucional a deputados eleitos democraticamente --, com a execução de dois militantes do Aurora Dourada, na capital do país, algo apenas referido timidamente, como se de um assunto menor se tratasse. É esta a "objectividade" dos 'media' ditos "de referência".

Sem comentários:

Enviar um comentário