quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Espertezas


Voltei a receber uma mensagem de correio electrónico sobre a "ignorância dos nossos estudantes universitários", com uma referência a uma peça publicada há dois anos pela revista «Sábado». É mais uma daquelas "feitas normalmente para conseguir as respostas mais disparatadas", como já escrevi, e sempre discutível. Mesmo sabendo que o nível de exigência do ensino em Portugal baixou consideravelmente, toma-se aqui a parte pelo todo.

No entanto, há um pormenor que me interessa salientar. Diz a peça que "na arte de justificar a ignorância, os estudantes universitários inquiridos pela Sábado têm nota máxima". De facto, este tipo de esperteza é muito comum. Mais, tendo em conta a actual classe política nacional, parece que tal capacidade é o primeiro requisito exigido.

Sem comentários:

Enviar um comentário