sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Diálogos bibliófilos (II)


— Não percebo estes descendentes que vendem as bibliotecas de família e não têm qualquer  preocupação em preservá-las! — exclamou, indignado, o bibliófilo pessimista.

— Se tal não acontecesse, nunca conseguiríamos formar bibliotecas como as que temos... — respondeu, com um sorriso, o bibliófilo optimista.

— Os livros têm que circular. — afirmou o alfarrabista.

Sem comentários:

Enviar um comentário