quarta-feira, 10 de outubro de 2012

La Nouvelle Revue d'Histoire n.º 62


Na edição em que esta óptima revista francesa completa dez anos de existência, o ‘dossier’ é dedicado à Direitas radicais na Europa de 1900 a 1960. Neste podemos ler os artigos “A Action Française antes de 1914”, de Alain de Benoist, “Ledesma Ramos e José Antonio”, de Jean-Claude Valla, “O testamento da Guarda de Ferro”, de Horia Sima, entre outros, como “Quando Churchill admirava Mussolini”, “Oswald e Diana Mosley”, “Ernst von Salomon”, ou “A extrema-direita na Resistência”. Por fim, destaque para o artigo “Os soldados da classe de 60”, sobre o neo-nacionalismo em França nessa década do século passado, do qual foi protagonista o próprio Dominique Venner, director da revista. De referir ainda a entrevista com Serafin Fanjul sobre “o mito do al-Andalus”.

Sem comentários:

Enviar um comentário