sábado, 20 de outubro de 2012

Imprensa em crise

A crise toca a todos e o que já havia acontecido noutras paragens chega agora ao nosso País. Os cortes salariais, os despedimentos e as reduções de pessoal nos meios de comunicação social foram a tónica na semana passada. Por causa deles, o jornal “Público” e a agência Lusa vão entrar em greve. Como noutros sectores, a situação apenas tem tendência a agravar-se. No entanto, neste caso, surge imediatamente uma preocupação óbvia. A ausência de uma Imprensa livre é muito prejudicial a um País, ainda para mais quando se encontra numa situação de crise profunda. Uma sociedade informada é essencial para resistir às maiores adversidades.

Sem comentários:

Enviar um comentário