quarta-feira, 25 de julho de 2012

De volta ao liceu

“Rua Jump, 21” foi uma série televisiva norte-americana de finais dos anos 80 do século passado, que foi exibida em Portugal na década de 90. A história baseava-se numa unidade de polícia composta de agentes com um aspecto jovem que se infiltravam liceus e universidades para investigar casos de tráfico de droga, entre outros. A série funcionou como rampa de lançamento para o actor Johnny Depp, que se tornaria um dos mais famosos do mundo.

Este filme, com o título homónimo no original, é uma adaptação desse ambiente, mas centrada em dois agentes.

Morton Schmidt (Jonah Hill) e Greg Jenko (Channing Tatum) são colegas de liceu. O primeiro é o “totó”, que não consegue as raparigas e é gozado pelos outros; o segundo é o “cromo” que os outros querem ser, mas que acaba por ser prejudicado pelo seu mau comportamento.

Anos mais tarde, ambos se reencontram no curso de formação de agentes de polícia. Apesar do seu passado de antítese, vão entreajudar-se para conseguir concluir com êxito. Schmidt ajuda na parte do estudo e Jenko na parte física. A associação funciona e, uma vez polícias, começam a fazer patrulhas juntos. Mas, na sua primeira detenção, Jenko esquece-se de ler os direitos ao detido, como obriga a lei dos EUA, invalidando a acção. Ambos são repreendidos pelo superior e, devido ao seu aspecto jovem, enviados para a unidade que funciona na Rua Jump, 21”.

De volta ao liceu, desta vez para investigar uma nova droga, vêem como as coisas mudaram. O que era “fixe” antes, deixou de ser. Este novo ambiente vai provocar uma curiosa inversão de papéis dos dois amigos.

A partir daí, o filme é uma comédia juvenil sem grande novidade e nem mesmo os ‘cameos’ de dois actores da série televisiva original são inesperados. [publicado na edição desta semana de «O Diabo»]

Sem comentários:

Enviar um comentário