segunda-feira, 16 de abril de 2012

Descubra as diferenças

Nas notícias sobre o julgamento do assassino Breivik, algum iluminado "descobriu" que ele fez uma "saudação de extrema-direita" (?) na sala de audiências. O problema deve ser meu, mas o punho fechado lembra-me outras coisas...


De facto, na nossa História recente, esta "saudação" já foi utilizada. Quem se recorda do Famoso "juramento de bandeira revolucionário" feito no RALIS, no dia 21 de Novembro de 1975? Os recrutas, de punho fechado, juraram "estar sempre, sempre ao lado do povo" na luta "pela vitória da Revolução Socialista"...

2 comentários:

  1. É só "cooltura" na comunicação social!

    ResponderEliminar
  2. Os primeiros relatos até eram de saudação nazi... O volume de informação do que se diz em tribunal e que chega ao utilizador através dos média portugueses é menor e de má qualidade, na bbc é divulgado um pouco mais e com aparente rigor, e por fim existe o russian today, sempre pronto a mandar caceteadas no actual ocidente, por enquanto vamos agradecendo.

    ResponderEliminar