segunda-feira, 5 de março de 2012

Novo "Público"

O "Público" celebrou hoje o seu 22.º aniversário oferecendo o jornal nas bancas. A iniciativa tinha também o objectivo de dar a conhecer o novo formato e o novo grafismo, formas de tentar contrariar a crise pela qual passa a imprensa. A edição de Domingo vinha sendo um tubo de ensaio desta mudança, que agora se concretizou. O filósofo José Gil foi director por um dia e o tema principal saiu do habitual dos jornais quotidianos. Apesar de várias alterações, o "Público" não mudou radicalmente. Parece-me que o seu público continuará a ser exactamente o mesmo.

Uma curiosidade. De manhã cruzei-me com um amigo e disse-lhe que o "Público" hoje era grátis. Já se aproximava a hora de almoço e ele duvidou que a banca ainda tivesse exemplares. Enganou-se. Nos tempos que correm, nem oferecendo o jornal se consegue esgotar uma edição.

Sem comentários:

Enviar um comentário