quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

A polémica do Acordo Ortográfico continua...

Desta vez foi o secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, a afirmar, na televisão: "Do ponto de vista teórico, a ortografia é uma coisa artificial. Portanto, podemos mudá-la. Até 2015 podemos corrigi-la, temos essa possibilidade e vamos usá-la. Nós temos que aperfeiçoar o que há para aperfeiçoar. Temos três anos para o fazer". Sobre a recente atitude de Vasco Graça Moura no CCB, disse: "Vasco Graça Moura escreverá como quiser. (...) Todos os portugueses têm a possibilidade de escolher a sua ortografia. Não há uma polícia da língua, há um acordo, que não implica sanções graves para ninguém".

Mais uma vez, ao contrário do que querem alguns (poucos), esta é uma polémica que está longe de ter terminado. Felizmente! A nossa Língua agradece.

Sem comentários:

Enviar um comentário