quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Camões e o (des)Acordo Ortográfico

Excelente artigo de Vasco Graça Moura, publicado no "DN" de hoje, sobre o recém-publicado "Dicionário de Luís de Camões", no qual a editora decidiu adoptar o Acordo Ortográfico para chegar ao mercado brasileiro, concluindo que "a almejada uniformização com vista ao mercado de além Atlântico só vai servir para nos cobrir de ridículo naquelas paragens... Nem Camões, nem Aguiar e Silva, nem os seus colaboradores mereciam uma coisa dessas". Por coincidência, Graça Moura leu o livro no 1.º de Dezembro, "neste país que esqueceu a sua história e vem assassinando alegremente a sua língua, mas protesta por lhe quererem tirar alguns feriados". Assim se vai, infelizmente, destruindo a nossa língua, perante a cumplicidade e passividade de tantos.

Sem comentários:

Enviar um comentário