quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O talento não é desculpa (II)

Este título aplica-se muito bem ao recente caso de censura ao escritor Céline por parte do governo francês, que aqui referi. Lembrei-me dele a propósito do que escrevi sobre um caso semelhante, à nossa escala, cuja vítima foi o António Manuel Couto Viana. A esse propósito citei Alain de Benoist: "Pablo Neruda, Bertold Brecht ou Einsenstein são, e com razão, celebrados pelo seu talento. Drieu, Céline ou Leni Riefenstahl, ainda que não vejam negado o seu, continuam envoltos numa aura sulfurosa, que leva a lembrar que «o talento não é desculpa."

1 comentário: