sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Cavaco

«No mandato para que domingo o vão eleger, Cavaco tornará a esperar pelos factos consumados. Não é claramente um homem que se arrisque e não vale a pena imaginar que ele mexerá um dedo para "salvar a Pátria". Cavaco não se mexe. Excepto por Cavaco.»

Vasco Pulido Valente
in «Público»

Sem comentários:

Enviar um comentário