segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Ainda o requiem


Em conversa com um amigo, lembrei-me que a última vez que ouvi o Requiem por Jan Palach foi num jantar que se seguiu a uma homenagem ao Rodrigo Emílio. Quem o declamou foi o António José de Almeida que, infelizmente, teria uma morte trágica três anos depois.

Mas este poema havia sido musicado e cantado na RTP, quatro anos antes do 25 de Abril, como contou aqui o Mário Martins, numa bela recordação. Por (muitas) vezes a memória conforta-nos.

Sem comentários:

Enviar um comentário