sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Televisão pública sem publicidade

A partir deste ano a televisão pública espanhola deixa de ter publicidade e "esta medida será colmatada nas finanças da TVe com compensações pagas pelos operadores privados com base nos seus lucros anuais". Também em França está previsto uma opção semelhante para o fim de 2011. Por cá, parece que se irá manter o que costumo chamar o modelo "feira popular". Passo a explicar: quando era miúdo e ia à Feira Popular de Lisboa, em Entrecampos, não percebia porque se tinha que pagar a entrada e as diversões. Nos parques de diversões (a sério) noutros países, ou se pagava uma entrada que incluía a utilização das diversões, ou não se pagava entrada, mas apenas o que se utilizava. Ora, a televisão pública portuguesa é financiada pela taxa audiovisual e pela publicidade, mantendo vivo o espírito da feira popular.

Como nesta terra é habitual seguir-se, mal ou bem, o que se faz lá fora, pode ser que estas alterações em Espanha e França inspirem a mudança.

Sem comentários:

Enviar um comentário