domingo, 31 de janeiro de 2010

Numa manhã de nevoeiro...

O Zentropa referiu o nosso D. Sebastião, o último rei do mundo antigo, que pouco é referido entre nós. Hoje, mais que nunca, urge reinterpretar o sebastianismo.

Sem comentários:

Enviar um comentário