domingo, 17 de janeiro de 2010

La Nouvelle Revue d'Histoire n.º 46

A obrigatória «La Nouvelle Revue d'Histoire», dirigida por Dominique Venner, já está disponível nas bancas portuguesas. Este número 46 tem como tema central “Napoleão. O Imperador visto da Europa”, com um dossier onde podemos encontrar uma cronologia e vários artigos e entrevistas a Inglaterra, a Itália, a Espanha, a Alemanha, a Áustria e a Rússia, mas no qual infelizmente falta um sobre Portugal, apesar de na apresentação se referir o nosso país como um dos “resistentes”. Destaque ainda para grande entrevista com o historiador Bartolomé Bennassar sobre a Espanha e a Europa, e os artigos “Mestiçagem, identidade e doce comércio”, de Jean Monneret, “A Herança imensa de Jean-Sébastian Bach”, de Jean-François Gautier, “Metternich, um rei sem coroa”, de Emma Demesteer, entre outros, para além da entrevista com Christian Helmreich sobre a Alemanha dos irmãos Humbolt. Referência especial para o artigo “O tráfico das especiarias e outras lendas históricas”, de Jacques Heers, onde o grande medievalista aponta os excessos das modas na história, nomeadamente as leituras liberais ou marxistas do “todo económico”, afirmando que “a história oficial negligencia a amplitude da guerra dos portugueses contra o islão no oceano Índico”. Como sempre, temos a crónica de Péroncel-Hugoz e as secções habituais.

Uma óptima novidade, especialmente para quem ainda não conhece a revista, é a possibilidade de podermos agora folheá-la online no sítio journaux.fr.

2 comentários:

  1. Epa, eu nem com uma sogra francesa consigo aprender essa língua de bárbaros!!!

    ResponderEliminar
  2. Já estive a folhear a revista. Sempre que passo pela tabacaria PressLinha, aproveito para deitar um olho. Esta edição pareceu-me bastante interessante, apesar de ignorar o contributo português na guerra contra o Grande Armée. Mesmo assim, li um apontamento curioso sobre o filme Un Prophète. Tenho que ver se escrevo algo sobre isso.

    ResponderEliminar