terça-feira, 20 de outubro de 2009

Cadernetas de cromos (XVI)

As cadernetas de cromos voltaram a esta casa! Ainda me falta partilhar grande parte da minha colecção e não resisto a divulgá-la. Bem sei que alguns não compreendem o fascínio que estes rectângulos de papel exercem sobre alguns de nós. Mas, pelo menos o meu amigo Mário Martins sabe do que falo...

A caderneta de hoje é o álbum n.º 2 de A Conquista do Oeste, uma colecção de 576 cromos esmaltados a cores, publicada em 195 pela Ibis, baseada num original espanhol da editorial Edigesa de 1956.

2 comentários:

  1. Por acaso um dos ultimos livres que li foi a "biografia" de Gerónimo. Grande espirito rebelde!

    ResponderEliminar
  2. Espírito rebelde que não consta desta caderneta (talvez do álbum n.º 1, que não tenho), porque senão tinha digitalizado o cromo e dedicado. eheheh ;)

    Un saluto romano.

    ResponderEliminar