quinta-feira, 3 de setembro de 2009

As colecções dos jornais

As quebras de vendas na imprensa escrita há muito que fizeram com que os jornais começassem a vender todo o tipo de produtos associados. Vem isto a propósito de uma conversa com um amigo que maldisse esta prática e ao qual respondi que nem tudo era mau. Desde algumas colecções em fascículos para posterior encadernação — coisa que parece ter caído em desuso —, bem interessantes, até outras actuais que recomendei. Em curso, estão duas que faço e aconselho: a tradução dos livros da Osprey sobre as batalhas da Segunda Guerra Mundial, distribuída às quintas-feiras com o «Correio da Manhã» e a «Sábado», e a banda desenhada de Bourgeon, “Os Passageiros do Vento”, distribuída às quartas-feiras com o «Público» e que incluirá um álbum inédito em Portugal. Uma das vantangens dos quiosques é que, contrariando instruções, vendem as colecções sem o respectivo jornal.

Sem comentários:

Enviar um comentário