segunda-feira, 8 de junho de 2009

Reflexão eleitoral

Nestas eleições europeias, há a registar uma subida de cerca de 5000 votos no PNR em relação às anteriores. Uma demonstração que o caminho se está a construir, mas que não se faz de um dia para o outro. Antes das eleições houve tanto quem previsse o fim do partido, como quem esperasse um sucesso nas urnas. O eleitoralismo tem destas coisas... O que assisti foi a um grupo de militantes que trabalhou pelas suas convicções, mais que por resultados efémeros. O meu desejo é que o partido cresça estruturadamente, assente nesse trabalho. A militância deverá ser sempre a nossa prioridade. Mais que votar na chama, devemos viver a chama.

Por último, quero manifestar publicamente o meu sincero e sentido agradecimento ao meu amigo e camarada Humberto Nuno de Oliveira, por ter encabeçado uma lista da qual tive a honra de fazer parte, bem como a todos os que por ela trabalharam sem esperar mais em troca que a recompensa do dever cumprido.

1 comentário: