sexta-feira, 10 de abril de 2009

Réfléchir & Agir n.º 31

O último número da «Réfléchir & Agir» tem como tema central a “extrema-direita em França”, e faz uma excelente análise e reflexão sobre esta família política. O dossier, muito bem conseguido e de leitura obrigatória, conta com entrevistas com Dominique Venner e Jean-Marie Le Pen, os artigos “Psicopatologia da direita nacional”, de Léon Camus, “Le Pen e a Frente Nacional”, de Michel Schneider, “Viva a crise!”, de Alfred Montrose, e “Queremos verdadeiramente ganhar? Tornemo-nos sérios!”, “As sete famílias da extrema-direita francesa” e “Em direcção a que recomposição?”, de Eugène Krampon. Destaque ainda para os artigos “Platão e as três funções indo-europeias”, de Edouard Rix, “Pierre Drieu La Rochelle. O sonho e a acção”, de Daniel Leskens, e “Quatro bolas de couro”, de Pierre Gillieth, sobre o boxe no cinema.

Nas muitas notas de leitura, é de assinalar a que se refere ao livro “Pensées Corsaires, Abécédaire de Lutte et de Victoire”, de Gabriele Adinolfi, finalmente traduzido e publicado em França, considerado “um dos grandes livros políticos da década”. Sem esquecer as habituais críticas a livros, música e cinema, os breves comentários à actualidade e outras secções habituais, referência ainda para a breve entrevista com Batskin sobre o bar que abriu em Paris e as actividades aí desenvolvidas.

Sem comentários:

Enviar um comentário