sábado, 11 de abril de 2009

La Nouvelle Revue d'Histoire n.º 41

À venda nas bancas em Portugal está o número 41 da obrigatória «La Nouvelle Revue d’Histoire». O tema central é “Catástrofes verdadeiras e falsas”, em cujo dossier o destaque vai para o artigo sobre o terramoto de Lisboa de 1755, assinado por Jean-Michel Baldassari, onde encontramos também artigos consagrados à Atlântida, ao saque de Roma, ao ano mil, às invasões bárbaras, ao progresso, bem como uma entrevista com François-Georges Dreyfus e a cronologia de Charles Vaugeois.

Destaque ainda para a excelente entrevista com o geopolitólogo francês Aymeric Chauprade sobre a sua visão da História e o seu último livro “Chronique du choc des civilisations”, que lhe valeu o afastamento como professor da École de Guerre, ordenado pelo atlantista ministro da Defesa. A não perder, também, os óptimos artigos “A Alemanha secreta de Claus von Stauffenberg”, de Dominique Venner, e “A brilhante geração Brasillach”, de Philippe d'Hugues.

Podemos ainda ler os artigos “Luísa da Prússia”, de Emma Demeester, “Há três séculos: O fim da supremacia sueca”, de Éric Mousson-Lestang, e as entrevistas com Jean-Pierre Poussou, sobre a História comparada, e Pierre de Meuse, sobre o catarismo. Como sempre, para além de outros artigos, temos a crónica de Péroncel-Hugoz, desta vez sobre a monarquia suíça, e as secções habituais.

Sem comentários:

Enviar um comentário