quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Saudade do futuro

Completou ontem dois anos de existência um dos melhores blogs nacionais, o Eternas Saudades do Futuro, do qual sou leitor assíduo. O seu autor, que me honra com a sua amizade, está de parabéns por este trabalho cultural de elevado nível e pela óptima escolha do título. A esse propósito e à laia de presente de aniversário, aqui deixo um extracto do proémio do livro de António Quadros, “Memórias das Origens, Saudades do Futuro”, publicado pela Europa-América, em 1992.

“A saudade do futuro é uma paixão que animou toda a nossa história, como inspira toda a nossa cultura, fautora de acertos ou de erros, mas sempre omnipresente. O hoje é uma passagem evanescente entre um ontem que remonta às origens e um amanhã que é para nós mais, bem mais do que um mundo simplesmente melhor do que este, é um reino da primazia do espírito e dos seus valores, para o qual, consciente ou inconscientemente, trabalha tudo o que em cada um de nós é altruísta, dadivoso, generoso, visionário.”

Sem comentários:

Enviar um comentário