domingo, 12 de outubro de 2008

A difícil defesa da liberdade (II)

José Pacheco Pereira disponibilizou no seu blog, mais um texto publicado na última edição da revista «Sábado», desta vez sobre o “caso dos skinheads”. Esperando os habituais ataques dos suspeitos do costume, intitula a sua prosa “E já agora para fazer subir pelas paredes a mesma turba”. Mantendo o que já disse sobre o autor, reproduzo o início: Não posso deixar de considerar mais uma vez excessivo o modo como o nosso sistema judicial penaliza os crimes reais, hipotéticos ou mesmo de opinião, que em democracia não são crimes, da extrema-direita.(...)”; e o fim, “(...) em democracia as ideias e as opiniões é suposto serem livres, por péssimas que sejam, e o nosso desgosto com elas não devem servir de agravante penal, sob pena de politização da justiça”. Vale a pena ler.

Sem comentários:

Enviar um comentário