quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Danos colaterais (II)

Na sequência do post anterior, volto a lembrar que devido a este caso várias pessoas viram os seus lares revistados e pertences seus apreendidos, foram constituídas arguidas e submetidas a termo de identidade e residência, não tendo até agora qualquer acusação formada, ou qualquer justificação para esta devassa da sua vida privada. Agora, com a agravante de ter passado cerca de um ano e meio e já terem sido julgados os acusados!

Sem comentários:

Enviar um comentário