domingo, 22 de junho de 2008

Parar o crescimento

Já aqui tenho falado no decrescimento e na impostura do progresso, algo muito importante para reflectir e agir nos tempos que correm. É por isso que aconselho vivamente a leitura das respostas sobre este tema de Alain de Benoist, autor de “Demain, la décroissance ! Penser l'écologie jusqu'au bout”, publicadas no inconformista.info.

4 comentários:

  1. Por ser a única via possível de anuncio do meu humilde blogue, remeto para esta caixa o endereço do mesmo na esperança de uma visita sua. Bem haja.

    O mesmo ainda se encontra em fase experimental, no entanto passará ainda este verão a ser um programa de rádio em português de e para nacionalistas.

    http://voznacionalsocialista.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. O termo "progresso" foi substituído por "desenvolvimento sustentável", mas dá na mesma. Alain de Benoist é um autor de que gosto.

    ResponderEliminar
  3. Exactamente, caro Luce. A impostura do progresso foi substituída pelo conceito mágico de desenvolvimento sustentável. Aparentemente mais soft, mas com as mesmas trágicas consequências.

    Alain de Benoist é uma referência maior, sem dúvida.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar