domingo, 4 de maio de 2008

Taxista do apocalipse

Na sua crónica de ontem no «Diário de Notícias», o Eurico de Barros fala numa figura bastante caricata da capital — o taxista do apocalipse. Um pregador maldito que no início da corrida nos pergunta: “Sabia que o fim está próximo?” “E quer ser salvo?

Já conhecia esta história, mas nunca calhou viajar neste táxi da salvação. Se isso acontecer, imagino que a música saída do rádio seja “São os loucos de Lisboa...”

2 comentários:

  1. Há um dia da semana fixo para as crónicas do Eurico?

    ResponderEliminar
  2. A crónica semanal do Eurico de Barros é publicada ao Sábado no suplemento DN Gente.

    ResponderEliminar