domingo, 11 de maio de 2008

Para segurança de quem?

Quando oiço dizer que no nosso país ainda não existe videovigilância nas ruas, lembro que somos filmados nos locais de trabalho, nos estabelecimentos de ensino, nos transportes públicos, nas estradas, nos estabelecimentos comerciais, entre outros. É por isso que quando leio o aviso “sorria, está a ser filmado” pergunto: para segurança de quem?

1 comentário:

  1. Da camarilha do «sistema», pois então!

    Dá vontade de lhes fazer uma careta, acompanhada de um gesto bem português!

    ResponderEliminar