terça-feira, 1 de abril de 2008

Racismos (IX)

«Afro», uma publicação recente do Grupo Impala, lançada sob o slogan “a revista para a mulher de origem africana”, mostra no número 2 a sua cor. A pretexto da defesa da “fabulosa vitalidade da cultura africana” faz a promoção da mestiçagem, como o demonstra a fotografia de Seal e Heidi Klum na capa anunciando o principal artigo “casamentos multirraciais dão certo”. É claro que quando se trata de negros as raças humanas já existem... Mas esta revista não promove a raça negra, podemos dizer que promove a raça “afro”. Para além do referido artigo, a maioria das personalidades retratadas são mestiças, e para esta revista os mestiços são “afro”. O homem do futuro será, nesta ordem de ideias, “afro”, porque como nos diz a editora “África está onde eles estão”.

1 comentário:

  1. Hum, ao menos a revista africanista brasileira "Raça" exalta o orgulho e a preservação dos negros, esta defende a miscigenação dos negros com brancos...

    ResponderEliminar