quarta-feira, 24 de maio de 2006

Prémio garantido

A última ideia brilhante imigracionista, anunciada pelo ministro da Administração Interna, é premiar os delatores de redes de imigração com vistos de residência. Por um lado, insiste-se que a Europa não é o paraíso que a redes de imigração apresentam, mas como os imigrantes são sempre considerados vítimas, são recompensados com uma estadia no falso el dorado. Por outras palavras, o imigrante — eterno coitadinho — sai sempre a ganhar: se não conseguir entrar no nosso país com o auxílio de uma rede, ou estiver descontente com os serviços por esta prestados, é só denunciá-la às autoridades e tem a sua permanência assegurada. Como dizem os americanos: it’s a win-win situation. Ainda têm o desplante de a considerar uma medida contra a imigração!

9 comentários:

  1. ///

    Jornal Destak – 4/Maio/2006
    “ A esmagadora maioria ( 85% ) dos portugueses está desinteressada do país – um inquérito da empresa TSN [ líder mundial em estudos de mercado ao consumidor ]. Os autores do estudo indicam que «se Portugal fosse uma marca e, se nada fosse feito, estaríamos em rico de desaparecer»... “

    Segundo uma sondagem recente feita na Alemanha, grande parte dos alemães estão dispostos a emigrar, mais concretamente 71% deles! E o governo parece que vai ajudar nesse sentido, sobretudo na emigração para os países nórdicos, por estarem mais perto e haver mais emprego para esses emigrantes. Mas, segundo a sondagem, os alemães que estão dispostos a emigrar desejariam fazê-lo para França, Itália e Espanha.


    --- AONDE ESTÃO os Nativos Europeus que pretendem estar no Planeta, com CORAGEM e DETERMINAÇÃO, a Lutar pela Sobrevivência da sua Identidade ???

    CONCLUSÃO ÓBVIA: A ÚNICA forma de salvar, alguma coisa, da Identidade Europeia é... borrifarmo-nos para a MAIORIA... e... Reivindicar o LEGÍTIMO Direito ao Separatismo!!!
    DIVISÃO--50--50
    [ A constituição de Espaços Reserva Natural de Povos Nativos ]

    ///

    ResponderEliminar
  2. passamos agora a ter redes especializadas em não garantir de forma alguma os minimos direitos, para fazer entrar estrangeiros em Portugal sem chatice... o pior é que o povo ouve, não percebe, e deixa andar que "antes 'tavamos pior"...

    abraço

    ResponderEliminar
  3. Acho muita piada e essas medidas assim como nos novos colonatos brasileiros em Vila de Rei. Aí têm todas as facilidades do mundo e sabe Deus o que tive de fazer para obter o meu visto de residência permanente no Brasil!

    ResponderEliminar
  4. Mata-Ratos
    O esquema "inventado" para permitir a entrada desenfreada de estrangeiros neste País é extremamente curioso.
    Um grupo de tipos junta-se lá na "Santa terrinha", combinam vir aqui para a"terra dos pacóvios", toca abrir por aí fora e depois de cá chegarem vão fazer "queixa" do malandro que os trouxe aqui para a "terrinha dos trouxas", mas que por acaso até já cá não está e toca a receber a "legalização" feita à martelada.
    Curioso é que, se bem me lembro, quando cá veio o Presidente do Brasil, Sr. Lula, falou-se para aí da reciprocidade de legalização dos cidadãos que estavam ilegais em ambos os Países (ou melhor num País e na colónia, nós), e ao que parece havia uma "pequena" diferença, os portugueses eram cerca de 2.500 e os "nossos irmãos" eram só para aí uns 55 ou 57 mil (fora os que vieram depois).
    "Certos povos", devido à dificuldade de sobrevivência, "inventaram" estratagemas para irem ganhando umas coroas para a soupa, aqui deixo dois desses esquemas que me foram contados por dois cidadãos brasileiros aqui à uns anos atrás e que, de tão estranhos, fui confirmar junto de outros brasileiros que conheço.
    O primeiro era o chamado "overnight", ou seja, um cidadão levava uns tantos dólares ao banco na sexta-feira e ia levanta-los na 2ª e com isto ganhava uns trocos para ajudar nos rendimentos, o outro era a compra de uns tantos números telefónicos, os quais ao que parece são válidos para todo o Brasil e depois iam vende-los por preços fabulosos áquelas empresas que queriam montar "estaminé" mas que, de outra maneira teriam de esperar imenso tempo até que lhes fosse concedida o nº da a "maquineta".
    Parece que, agora estes esquemas já não funcionam, mas certamente já "inventaram" outros.
    Ora isto aguça o espírito de sobrevivência de qualquer um e se ainda por cima nesta "terrinha" ainda existem uns irmãos "caridosos" que, até dão uma ajudinha, o melhor que temos a fazer é pedir asilo político aí para o Bangladesh e pormo-nos a andar daqui para fora, uma vez que este pobre e desprezado País (pelos Portugueses, "antão por quem havera de ser"), á beira da falência (ou já estará falido?), não pode dar para tanta gente.
    A propósito, vim há meia-hora do super-mercado e só ouvi falar em brasileiro, já estou no Brasil ou os Portugueses perderam o piu?

    ResponderEliminar
  5. Quemfala assim não é gago.

    ResponderEliminar
  6. ///

    Mata-Ratos: " ... o melhor que temos a fazer é pedir asilo político aí para o Bangladesh ... "

    ERRADO!!!!

    --- O caminho a seguir... é... o SEPARATISMO!!!



    NOTA:
    --- As mil-e-uma MANOBRAS DE DIVERSÃO dos Nacionalistas não levam a lado nenhum!...
    --- É necessário assumir a situação duma forma frontal: a Europa está sob o domínio de um MONTE DE BANDALHOS ( vulgo Parasita Branco -> a Maioria dos europeus ), que pretendem continuar a Curtir o MAIOR FESTIM PARASITA da História da Humanidade:
    -1- O Parasita Branco ( a Maioria dos europeus... ) pretende andar no Planeta a Curtir a abundância de mão-de-obra Servil...... APESAR DE... o Parasita Branco nem sequer constituir uma Sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!
    -2- O Parasita Branco ( a Maioria dos europeus... ) pretende andar no Planeta a Curtir a existência de alguém que pague as Pensões de Reforma...... APESAR DE... o Parasita Branco nem sequer constituir uma Sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!

    --->>> É necessário Combater a Ditadura do Parasita Branco... e... reivindicar o LEGÍTIMO Direito ao Separatismo!!!

    ///

    ResponderEliminar
  7. Duarte:

    Já nasceu a tua filha?

    1 Abraço!

    ResponderEliminar
  8. Aviso á navegação:
    www.condadosebastianista.blogspot.com

    ResponderEliminar