quarta-feira, 31 de maio de 2006

Licença por paternidade

Tenho estado ausente da blogosfera pelo melhor motivo do mundo: a minha filha. Nasceu no passado Dia da Espiga e é, naturalmente, o centro das atenções lá em casa. Para além dos pais babados e do irmão orgulhoso e protector, até o cão dorme aos pés do berço, guardando o nosso tesouro.

Vou tentar regressar com maior assiduidade, mas não é apenas a paternidade que dificulta a minha presença regular aqui. O facto de não ter optado por aquele operador de telecomunicações que não me apetece dizer o nome, mas é o maior do país, tem adiado minha a ligação à internet em casa para além de tudo o que é aceitável. Mais um episódio da falsa concorrência comercial que temos no nosso país...

19 comentários:

  1. Ora venham de lá esses ossos! Uma Família a crescer é achega de peso para a Alegria.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Os meus sinceros parabéns à família!

    Carla

    ResponderEliminar
  3. Um grande abraço de parabéns Duarte e as maiores felicidades para a nova Nacionalista.

    ResponderEliminar
  4. Os meus parabéns! É sempre motivo de felicidade a vinda de mais uma criança Portuguesa de raíz, para que a nossa identidade não se perca. No final deste ano a minhã irmã também vai dar uma alegria semelhante! ;)

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  5. Parabens e um grande abraco, Duarte.

    ResponderEliminar
  6. Amigo e Camarada Duarte os meus mais sinceros parabéns pelo novo rebento.

    ResponderEliminar
  7. Parabéns amigo Duarte! :)

    ResponderEliminar
  8. Parabéns, caro Duarte. Muitas felicidades.

    ResponderEliminar
  9. Ora então os meus sinceros parabéns.

    ResponderEliminar
  10. muitos parabens amigo duarte :)

    ResponderEliminar
  11. Parabéns

    Legionário

    ResponderEliminar
  12. Ding, dong!
    Serve este sinal sonoro para assinalar o fim da «Licença»...
    Força nisso que a nossa gente precisa da tua prosa!
    Um abraço.

    ResponderEliminar