quarta-feira, 17 de maio de 2006

Código Da quê?

O Festival de Cannes abre hoje com o “O Código Da Vinci”. O Eurico de Barros, que está lá, como de costume, para nos pôr a par de tudo, garante que “tendo em conta que Cannes é o mais descomunal, estarrecedor e multiforme festival de cinema do mundo, o frisson colectivo causado por O Código Da Vinci não durará mais do que um ou dois dias, e rapidamente será esquecido quando o poderoso comboio de luxo da Selecção Oficial se puser em marcha”. Acredito que sim, já que as minhas expectativas em relação ao filme são muito baixas, e vou ficar atento às novidades deste ano.

3 comentários:

  1. Duarte atenção,
    ao que me consta está para breve a adaptação ao cinema dos 300 de Frank M.

    Aguardo ansioso

    Legionário

    ResponderEliminar
  2. Ora aí está uma coisa verdadeiramente interessante.

    O filme já está em produção e para mais informações basta ir à página oficial: http://300themovie.warnerbros.com/

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Olá caro amigo!
    Gostaria de lhe mostrar este absurdo lançado pelo governador de São Paulo, durante essa terrível crise que enfrentamos, sob o domínio da criminalidade!

    http://conjur.estadao.com.br/static/text/44496,1

    ResponderEliminar