quarta-feira, 29 de março de 2006

Imigração

Chegada de populações estrangeiras com o risco de submergerem os povos autóctones.

A imigração dos povos extra-europeus na Europa deu lugar hoje em dia a uma verdadeira colonização de povoamento. O vocábulo “imigração” deve assim ser criticado e sistematicamente substituído pelo de colonização, que é o fenómeno histórico mais maciço e mais grave que a Europa deve enfrentar desde o fim do império romano. No combate político e ideológico, não se deve utilizar as palavras do adversário, mas impor os seus próprios conceitos. Nós não acolhemos “imigrantes”, nós somos colonizados “por baixo” pelas populações estrangeiras.

Guillaume Faye

in “Pourquoi nos combattons”, L’Æncre (2001).

1 comentário:

  1. The City

    You said, "I will go to another land, I will go to another sea.
    Another city will be found, better than this.
    Every effort of mine is condemned by fate;
    And my heart is -- like a corpse --buried.
    How long in this wasteland will my mind remain?
    Wherever I turn my eyes, wherever I may look
    I see the black ruins of my life here,
    Where I spent so many years, and ruined and wasted."

    New lands you will not find, you will not find other seas.
    The city will follow you. You will roam the same streets.
    And you will age in the same neighbourhoods;
    In these same houses you will grow gray.
    Always you will arrive in this city.
    To another land -- do not hope -- there is no ship for you, there is no road.
    As you have ruined your life here
    In this little corner, you have destroyed it in the whole world.

    Constantine P. Cavafy (1910)

    ResponderEliminar