quarta-feira, 29 de março de 2006

Eclipse


Cada vez que há um eclipse lembro-me do livro de Mark Twain, “A Connecticut Yankee in King Arthur's Court”, onde o americano usa os seus conhecimentos “científicos” para escapar a uma condenação à morte e para impor as suas condições ao monarca. A inspiração de Twain para esta passagem teria vindo de um episódio semelhante ocorrido com Colombo na Jamaica, em 1504, no qual o navegador, argumentando que o seu Deus cristão era mais poderoso que os locais e capaz de esconder o Sol, se aproveitou de um eclipse, no dia 29 de Fevereiro, para conseguir que os nativos fornecessem provisões à sua tripulação até à chegada de um navio de salvamento espanhol. Esta minha recordação deve-se ao facto de quando li o livro, na minha adolescência, ter ocorrido um eclipse solar, que na altura observei com o meu avô e sob a protecção de umas radiografias antigas. Hoje vê-se na Internet

Sem comentários:

Enviar um comentário