sexta-feira, 10 de fevereiro de 2006

Vergonha

Uma vergonha é a única forma de classificar a “Declaração do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros sobre a crise dos cartoons”. Por entre disparates inadmissíveis, rebaixa Portugal ao islão e apela explicitamente à censura, nunca se referindo às condenáveis reacções violentas do mundo islâmico. Depois da sua divulgação, Freitas do Amaral disse, justificando-se ao canal de televisão SIC Notícias, que queria “abalar as consciências”. Alá agradece.

1 comentário: