terça-feira, 21 de fevereiro de 2006

Hemeroteca (VII)

Hoje trago um jornal que no conturbado período pós-abrilino tentava ser livre, independente e pluralista.

Título: Liberdade
Data: 21 de Fevereiro de 1975
N.º 15
Director: Luís Arouca


Nesta edição do semanário «Liberdade», que custava 5$00, o destaque vai para as opiniões de Carlos Fabião e Paradela de Abreu sobre “Portugal e o presente”, para a institucionalização do MFA e para o suplemento “O aborto em debate”. De referir, também, uma entrevista sobre um tema que começava a ser trazido para a ordem do dia, os problemas do Ambiente, com Gonçalo Ribeiro Teles, na altura Subsecretário de Estado do Ambiente. Na secção “Artes e Letras”, dedicada à Internacional Situacionista, podemos ler uma interessante entrevista que os situacionistas fizeram a si próprios publicada num dos números da sua revista. Na última página, uma pequena caixa dava conta de que o jornalista Manuel Maria Múrias havia sido internado no Hospital-Prisão de Caxias depois de nove dias de greve de fome, exigindo o contacto com o seu advogado e a imediata realização do seu julgamento.

Sem comentários:

Enviar um comentário